30% DAS EMPRESAS DE TECNOLOGIAS FECHAM POR FALTA DE INCENTIVO

Dados de uma pesquisa realizada pela Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas(Sebrae) em parceria com o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, apontam que 30% das empresas focadas em tecnologia não se desenvolvem por falta de incentivo e acesso às ferramentas certas. Entre as principais causas de fechamento das startups estão o acesso ao capital, com 40% das reclamações, obstáculos para entrar no mercado com 21% e divergência entre os sócios, que representaram 12%. 

A pesquisa também descobriu que 15% do total das empresas nascentes em tecnologia, fecham por não terem apoio de aceleradoras para crescer no mercado. Marcos Mueller, CEO da aceleradora Darwin Starter, acredita que com acesso a mentorias especializadas e acesso a um capital inicial, as startups são melhor preparadas e, consequentemente, se desenvolvem mais facilmente.  “Além dos contatos com uma rede empreendedora, mentores e consultores, os empreendedores também se aproximam de quem conhece o seu nicho de atuação e pode falar com propriedade o caminho mais indicado para seguir”, pontua. 

Em relação ao terceiro ponto que mais causa fechamento de startups, George Eich, empreendedor serial e sócio fundador da CoBlue, indica que é fundamental alinhar ações e expectativas com um mesmo objetivo para evitar conflitos. O empreendedor explica que esse método se baseia na coletividade para delimitar objetivos e conquistar resultados-chave para as startups. “Assim, tanto na hora de tomar decisões quanto em momentos operacionais, os sócios estão alinhados”, comenta. 

Eich também indica que outro benefício da metodologia, é impulsionar a gestão ágil, dividida em ciclos curtos que auxiliam para que pequenas divergências sejam resolvidas rapidamente, o que faz com que o processo de mudança de estratégia aconteça mais rapidamente.  “Com acesso às ferramentas certas e com o apoio necessário para enfrentar as pedras no caminho, as portas das nascentes em tecnologia estarão sempre abertas”, conclui. 

(Equipe do site)

Um comentário em “30% DAS EMPRESAS DE TECNOLOGIAS FECHAM POR FALTA DE INCENTIVO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *