30º POLICIAL ASSASSINADO NO RJ: PARA ELE NÃO TEM PASSEATA

O sargento Rogério Lima dos Santos, de 37 anos, é o 30º policial morto no Estado do Rio de Janeiro este ano. Ao todo já são 28 militares e 2 civis que perderam a vida desde 1º de janeiro. Santos era policial militar, lotado no 24ºBPM (Queimados), e morreu durante uma operação no Morro da Caixa D’Água, em Queimados, na Baixada Fluminense. O crime ocorreu na tarde desta segunda-feira. Ele estava na corporação há 18 anos.

O sargento ainda foi socorrido e levado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do município, mas não resistiu aos ferimentos.

Em nota, a Polícia Militar informou que os militares realizavam uma operação quando criminosos atiraram contra eles. No confronto, o PM foi baleado e não resistiu.

A Polícia Militar usou seu perfil no Twitter para publicar uma nota de pesar pela morte do sargento. “Com profundo pesar, informamos o falecimento do Sargento Rogério Lima dos Santos, do 24º BPM. Ele foi ferido nesta tarde, em serviço, após confronto com criminosos na comunidade da Caixa D’água, em Queimados.”

O Portal dos Procurados divulgou um cartaz pedido informações que ajudem a polícia a identificar os envolvidos pela morte do sargento. A recompensa é de R$ 5 mil reais.

Até o momento não há nenhum registro de passeata ou concentração popular em homenagem a este guerreiro que tombou lutando contra a criminalidade.

No ano passado 134 policiais foram mortos no RJ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *