64% DOS BRASILEIROS QUEREM QUE MANDATO DO STF SEJA LIMITADO

Um estudo realizado pelo instituto Paraná aponta que 64,3% dos brasileiros acredita que o mandato dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) deveria ter um tempo determinado. Pelas regras atuais, após a nomeação, um ministro só perde o cargo no momento em que se aposenta. 

O prazo de atuação de oito anos foi o mais escolhido, sendo apontado como ideal por 81% dos entrevistados. Já o prazo máximo imposto pela pesquisa, que foi de 20 anos, foi citado por 3,1% das pessoas e aqueles que não quiseram ou não souberam opinar totalizam 4,3% dos entrevistados. 

A grande maioria dos entrevistados que tem ensino superior completo concorda que os ministros devem ter um tempo de mandato menor, com uma porcentagem de 71,1%, opção preferida também por aqueles que tem ensino fundamental, chegando a 58% do total. O mesmo índice de entrevistados do sexo masculino e feminino também compartilha da mesma opinião de que é preciso limitar o período de atuação dos ministros, número que somou 64,3%. 

A pesquisa aconteceu entre os dias 27 de abril e 2 de maio deste ano e ouviu 2.002 eleitores a partir de 16 anos de idade. O levantamento foi realizado em 26 estados além do Distrito Federal, incluindo 154 municípios.  

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *