7 CANDIDATOS TERÃO MENOS DE 15 SEGUNDOS DE PROPAGANDA   

 

Pelo menos sete candidatos à presidência da República terão o chamado “tempo de Enéas”, ou seja, menos de 15 segundos disponíveis em cada bloco da propaganda eleitoral gratuita. Em 1989, o então candidato Enéas Carneiro (Prona), tinha pouco tempo para pedir votos e se tornou um personagem caricato ao falar as propostas de forma rápida e repetindo o bordão “meu nome é Enéas”. 

Dentre os candidatos que terão pouco tempo de fala no rádio e na TV estão o deputado Jair Bolsonaro (PSL), líder nas pesquisas de intenção de voto em alguns cenários, Guilherme Boulos (PSOL), Cabo Daciolo (Patriota), José Maria Eymael (DC), Vera Lúcia (PSTU), João Goulart Filho (PPL) e João Amoêdo (Novo). Bolsonaro, por exemplo, terá apenas 9 segundos por bloco para expor suas propostas. 

Além disso, enquanto Geraldo Alckmin (PSDB), o candidato com maior horário eleitoral disponível, pode exibir 364 inserções nos 35 dias de propaganda, Bolsonaro terá apenas 10 à sua disposição. Isso acontece porque apenas 10% do tempo é dividido igualmente entre os candidatos e os outros 90% são divididos proporcionalmente entre o número de deputados eleitos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *