BLOCKCHAIN EDITÁVEL PODE SER O FIM DAS CONTAS BANCÁRIAS

O especialista em criptohardware, Bruno Albertini, membro do Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos (IEEE), acredita que o blockchain editável e os smart contracts podem representar o fim das contas bancárias. As expectativas são de que, com esses recursos, as pessoas não precisarão ter conta em banco e uma transferência custará muito pouco, ou quase nada. 

Albertini acredita que as tecnologias por trás das criptomoedas sairá do campo das pesquisas e será aplica aos produtos. Um exemplo disso são as pesquisas que conseguiram criar uma versão do blockchain que pode ser editável por um conjunto de entidades, o que permite que ela seja utilizada para o registro de imóveis sem que haja nenhuma violação da lei. 

Já o avanço em relação aos smart contracts se refere ao fato deles poderem ser utilizados para permitir que se faça o equivalente a contratos de mercado futuro. Através deles, é possível criar o documento na forma de criptomoedas, deixando os contratos mais inteligentes, conectados e seguros. 

É esperado que com a adoção das criptomoedas baseada em blockchain, o uso das moedas virtuais se torne legal e tão comum quanto os cartões de crédito e débito. Em um cenário de adoção massiva de criptomoedas, entusiastas da tecnologia acreditam que a burocracia diminuirá drasticamente, sendo possível utilizar a mesma moeda virtual em diferentes países, sem impostos e nem taxas de juros. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *