BOLSONARO ELEITO: QUAIS AS PRINCIPAIS PROPOSTAS PARA TECNOLOGIA E EMPREENDEDORISMO?

O resultado segundo turno das eleições presidenciais de 2018 colocou Jair Bolsonaro no cargo de chefe do executivo com quase 55% dos votos. A partir disso, os olhares agora estão voltados para as propostas que o candidato apresentou para os diversos setores da sociedade, especialmente no que se refere a economia.

O plano de governo de Bolsonaro prioriza o empreendedorismo, afirmando que é importante que o “jovem saia da faculdade pensando em abrir uma empresa”, citando como exemplo países como o Japão e Coreia do Sul. “Nossa intenção é criar um ambiente favorável ao empreendedorismo no Brasil. Assim, valorizaremos talentos nacionais e atrairemos outros do exterior para gerar novas tecnologias, emprego e renda”, diz o texto.

Além disso, Bolsonaro cogita implementar o estudo de empreendedorismo nas universidades, em todos os cursos. “O jovem precisa sair da faculdade pensando em como transformar o conhecimento obtido em enfermagem, engenharia, nutrição, odontologia, agronomia, etc, em produtos, negócios, riqueza e oportunidades. Deixar de ter uma visão passiva sobre seu futuro”, afirma o Plano.

Para a área de tecnologia, ramo que vêm movimentando cada vez mais o mercado com a chegada e adaptação da chamada “Indústria 4.0”, o presidente eleito propõe uma remodelação para o modelo de pesquisa e inovação no Brasil, pois considera o atual como “esgotado”. Para isso ele defende o fomento de “hubs” tecnológicos nos quais universidades se aliam à iniciativa privada buscando “transformar ideias em produtos”.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *