BRASIL COMERCIALIZA R$ 472,6 BI EM IMÓVEIS

Os cartórios do Brasil informaram que o País registrou um número de 378.328 escrituras de transações imobiliária no período de um ano, que se encerrou em maio. Essa estatística representou um montante em dinheiro de aproximadamente R$ 472,6 bilhões e enquadra todos os tipos de imóvel residencial, comercial, rural, terreno e galpões. 

Todos os dados foram transmitidos dos cartórios para a Central Notarial de Serviços Eletrônicos Compartilhados (Censec), que é administrada pelo Colégio Notarial do Brasil (CNB). De acordo com o presidente do CNB de São Paulo, Andrey Guimarães Duarte, o levantamento traz uma visão inédita do setor, já que até hoje nunca tinha sido feito um estudo que enquadrasse as transações do país como um todo. 

“O levantamento é uma ferramenta importante que os notários oferecem à sociedade. São uma fotografia dessa atividade econômica. Até agora, o que se tinha no mercado era uma parte das transações imobiliárias feitas no Brasil”, comenta. 

Segundo Duarte, os números apresentados pelos cartórios estão mais perto da realidade atual do mercado, já que a prática de formalizar as operações com valores abaixo vem diminuindo ao decorrer dos anos.  Para o presidente do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP), Flavio Amary, os dados têm uma grande importância pois revelam a realidade do setor. 

“Mostram (os números) a importância, a força do setor, o volume de recursos que representa para a atividade econômica do País. É um número bastante significativo, são quase R$ 500 bilhões, é praticamente o saldo total da caderneta de poupança”, conclui. 

(Equipe do Site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *