CAIXA PERDE LIDERANÇA NO CRÉDITO IMOBILIÁRIO PELO TERCEIRO MÊS SEGUIDO

Mesmo com taxas de juros congeladas há mais de um ano, a Caixa Econômica Federal perdeu a liderança no financiamento imobiliário (nas linhas de crédito com recursos da poupança) pela terceira vez consecutiva, segundo dados da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). O volume de crédito imobiliário caiu 31% em janeiro na comparação com o mesmo mês do ano passado, totalizando R$ 749,7 milhões. Já as unidades habitacionais financiadas recuaram de 5.131 para 3.742.

Logo no início do ano a Caixa foi superada pelo Bradesco e o Santander, que concentram, respectivamente, R$ 850,9 milhões e R$ 809,6 milhões em empréstimos para casa própria. Se por um lado o banco lidera financiamentos de créditos imobiliários por concentrar a maioria das operações financiadas com recursos do FGTS, pelo outro teve uma redução de 19,5% dos financiamentos feitos com recursos da poupança.

Os números são preocupantes, principalmente por acontecer em um momento de recuperação do mercado, depois de três anos de queda brusca no volume de empréstimos imobiliários. Isso porque, embora a Caixa tenha registrado um aumento de 23,7% dos financiamentos imobiliários com recursos da poupança no mês de janeiro, os últimos doze meses acumularam R$ 43,9 bilhões, 5,5% abaixo do apurado nos meses anteriores.

Diante dessa situação a Caixa está sem recursos e pretende tomar medidas mais rígidas em seu sistema financeiro. A expectativa é de que a instituição aumente o nível de capital próprio para poder continuar emprestando recursos a clientes e financiando projetos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *