Centro e direita vão ao 2º turno na França. Socialistas têm pior votação em 48 anos

O ex-ministro da Economia Emmanuel Macron, do recém-criado movimento En Marche! (social-liberal de centro), e Marine Le Pen da Frente Nacional (nacionalista de direita) vão para o 2º turno na eleição presidencial francesa que será disputada dia 7 de maio. Com 93% dos votos apurados Macron tinha 23,56% e Le Pen 21,94%. O conservador François Fillon, do partido Republicanos, ficou em terceiro com 19,74% e o extremista de esquerda Jean-Luc Mélenchon, do França Insubmissa, teve 19,54%. O Partido Socialista teve o pior resultado em 48 anos, com Benoit Hamon, ex-ministro da Educação e deputado, fazer apenas 6,24% dos votos.

Le Pen teve o melhor desempenho da história de seu partido, prometendo uma dura briga com os muçulmanos radicais dentro da França e defendendo a saída da União Europeia. No entanto, Macron passa a ser o favorito por ter mais capacidade de obter os votos dos moderados. Ele promete manter o Estado de bem-estar social e ao mesmo tempo liberalizar a engessada economia francesa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X

Pin It on Pinterest

X
Assine nossa Newsletter