Em mensagem postada no Twitter esta manhã, o procurador do Tribunal de Contas da União (TCU), Julio Marcelo Oliveira, foi enfático: “Ainda somos o país da impunidade. Da impunidade altaneira, orgulhosa, incensada, cortejada e mantida por vassalos ilustrados.”

O recado tem endereço e surge após a onda de indignação com o STF. Falou por todos os brasileiros honestos e decentes.

Júlio Marcelo ganhou notoriedade ao apontar e explicar no Congresso as pedaladas de Dilma Rousseff, que acabaram levando ao impeachment.

Este post tem um comentário

  1. Espero que essa enorme vergonha nacional logo seja desbaratada e seus apoiadores punidos!

Deixe uma resposta

Fechar Menu