CRITICAR E COMBATER TODOS ESSES PULHAS É UMA OBRIGAÇÃO – por Roberto Rachewsky

Aos que querem ser seletivos nas críticas ao Temer por considerarem que estamos ameaçados por uma organização formada pelo PT e outras forças autoritárias, eu lembro o seguinte: o presidente Temer e seu partido estiveram associados a essa organização até ontem.

Não fosse o PMDB, o PT nunca teria chegado ao poder e a Dilma nunca teria sido eleita.

Temer e o PMDB deram alguma credibilidade à candidatura dela.

Hoje sabemos que era apenas mais um consórcio para se aproveitarem da corrupção que alimenta os cofres particulares de todos eles.

Criticar e combater todos esses pulhas é uma obrigação que não está sujeita a escolhas, a não ser que essa escolha seja entre a integridade na defesa convicta dos princípios republicanos e liberais, ou na defesa de circunstanciais conveniências baseadas no pragmatismo imoral, essa última sempre com duvidosa eficácia.

(Roberto Rachewsky é empresário e fundador do IEE – Instituto de Estudos Empresariais)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X

Pin It on Pinterest

X
Assine nossa Newsletter