ESPECIALISTAS CRITICAM PLANO DE CIRO PARA TIRAR ELEITOR DO SPC   

Especialistas estão criticando a proposta feita pelo candidato à presidência da República Ciro Gomes (PDT) feita durante o debate na Rede Bandeirantes. Na oportunidade, o ex-governador do Ceará disse que tiraria o nome de todos os devedores da lista do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). 

De acordo com André Perfeito, economista-chefe da corretora Spinelli, a proposta faz sentido no que se refere ao consequente surgimento de novos consumidores para movimentar a economia. No entanto, ele afirma que está preocupado com a forma que isso será conduzido. 

“Ele falar desse jeito traz um certo desconforto, porque tem que ser muito bem desenhado e para um segmento muito específico: até uma certa faixa de renda, e de forma muito clara para todo mundo. Negociar desse jeito talvez seja muito agressivo sobre o sistema financeiro”, explica. 

Segundo Ricardo Rocha, professor de finanças do Insper, é inevitável que se tenha que fazer uma separação para enquadrar certos devedores para poderem participar do sistema. Para ele, só se enquadrariam pessoas com uma dívida abaixo de uma quantia previamente estipulada. 

“Tem muita gente endividada aí sabendo muito bem o que fez. Teria que ter uma preocupação maior de fazer uma estatística no SPC para saber quantos milhões devem abaixo de determinada quantia, por exemplo”, completa. 

O SPC informou que a dívida média do brasileiro é de apenas R$ 1.512,48, o que, segundo o candidato, pode ser reduzida para R$ 1.400 se cortados os juros sobre juros, multas e correção. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *