FACEBOOK ATUALIZA POLÍTICA DE DADOS APÓS VAZAMENTO

O Facebook anunciou nesta quarta-feira (04.03) que irá atualizar sua política de dados e privacidade pela primeira vez desde 2015. O assunto entrou em discussão após a polêmica do vazamento de dados de 87 milhões de perfis, número atualizado ontem, pela empresa de consultoria política Cambridge Analytica. 

Dentre as mudanças que a rede social propôs, a principal delas é a unificação para abranger Facebook, Messenger e Instagram na mesma política de dados. Outro ponto chave é o esclarecimento das informações que são coletadas em diversos dispositivos que a rede social é acessada, como celulares, computadores e TVs. Além de emitir de forma detalhada os dados pessoais que são coletados do seu perfil na rede. 

A empresa pretende esclarecer a forma como usa os dados pessoais dos seus clientes que mantêm perfil registrado na rede social. Erin Egan, diretor de privacidade do Facebook e Ashlei Beringer, responsável pela área jurídica, afirmaram em um comunicado que a nova política não vai interferir nas antigas escolhas dos usuários e nem exigir uma nova adesão aos termos. “Essas atualizações são sobre tornar as coisas mais claras. Nós não estamos pedindo novas permissões para coletar, usar ou compartilhar seus dados, nem mudando qualquer escolha que você fez no passado”, explicam. 

Os novos termos têm a difícil missão de explicar para os usuários do Facebook que a empresa não vende as informações para nenhuma corporação. Além disso, Beringer e Egan pretendem deixar os compromissos da empresas mais claros perante a comunidade. “Temos a responsabilidade de manter as informações das pessoas seguras e protegidas, impondo restrições rigorosas sobre como nossos parceiros podem usar e divulgar dados”, dizem. 

As mudanças irão ocorrer nas próximas semanas e, de acordo com o site, os usuários poderão opinar sobre essas alterações nos próximos sete dias. Após finalizados, esses documentos serão publicados na plataforma e deverão ser aceitos pelos próprios perfis na rede social. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *