FACEBOOK EXIGIRÁ CONFIRMAÇÃO DE IDENTIDADE PARA ANUNCIANTES POLÍTICOS

O Facebook anunciou que passará a exigir a identificação e localização de anunciantes que desejarem fazer propaganda política através da rede social. O comunicado divulgado por Marck Zuckerberg na sexta-feira (06.04), afirma que essa é uma das medidas tomadas para evitar interferências nas eleições que acontecerão em vários países como o Brasil, México e Estados Unidos. 

Em seu próprio perfil na rede social, Zuckerberg informou que haverá também uma verificação do perfil de pessoas que administram páginas com grande fluxo de audiência. Segundo o diretor da plataforma, essa confirmação será fundamental para dificultar a utilização de perfis falsos que disseminem “conteúdo divisivo. “Para requerer a verificação de todas essas páginas e anunciantes, contrataremos milhares de pessoas. Estamos comprometidos a fazer isto a tempo para os meses importantes antes das eleições de 2018 (nos Estados Unidos)”, afirma.  

Além da verificação de perfis e da identificação de anunciantes, o Facebook também contará com uma nova ferramenta de transparência capaz de mostrar todos os anúncios políticos que uma página executa. O comunicado oficial informa que através desse sistema será possível criar um arquivo de anúncios políticos. ” Estamos testando isso no Canadá agora e vamos lançá-lo globalmente neste verão. Também estamos criando um arquivo de anúncios políticos antigos que permite buscas”, diz parte do anúncio. 

Essas medidas acontecem dias após o Facebook atualizar sua política de dados e tem objetivo de melhorar a imagem da rede social, que foi muito prejudicada pelo escândalo provocado com o vazamento de mais de 50 milhões de perfis utilizados pela Cambridge Analytica para influenciar as eleições dos EUA. Na época, o Facebook perdeu US$ 93 bilhões em valor de mercado em apenas 12 dias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *