FACHIN HOMOLOGA DESISTÊNCIA DE LULA   

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, homologou. na quarta-feira (08.08) o pedido de desistência da defesa do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, do processo que pedia a liberdade de Lula. Com a aceitação, a defesa garante que o STF não torne o ex-presidente inelegível antes da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), onde o registro da candidatura é feito. 

De acordo com a defesa, o intuito dos processos envolvendo o ex-presidente não é debater sobre questões eleitorais, mas sim, tentar reverter a decisão que o condenou por corrupção passiva e lavagem de dinheiro pela operação Lava Jato. Nesse momento Lula encontra-se preso na sede da Superintendência da Polícia Federal de Curitiba, no Paraná, para cumprir uma pena de 12 anos e 1 mês de detenção. 

A defesa afirma ainda que Lula estaria ficando de fora da corrida eleitoral devido a erros. Segundo os advogados, o ex-presidente pode ter seus “direitos políticos indevidamente cerceados, o que, em vista do processo eleitoral em curso, mostra-se gravíssimo e irreversível”. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *