GOVERNO QUER LIMITAR “PENDURICALHOS” NOS SALÁRIOS DOS SERVIDORES   

 

A equipe econômica do governo Michel Temer está se articulando para aprovar um projeto de lei que acabaria com chamados “penduricalhos” na remuneração dos servidores. Com a medida, o governo deixaria de desembolsar R$ 1,16 bilhão ao ano com os penduricalhos que fazem o salário dos servidores ultrapassarem o teto. 

De acordo com o deputado Rubens Bueno (PPS-PR), relator do processo, é preciso acabar com os benefícios que ultrapassem o teto do funcionalismo, como por exemplo gratificações recebidas por servidores que integrem os conselhos de estatais não dependentes do Tesouro Nacional. Além disso, o governo irá tentar modificar o sistema de ressarcimento de despesas médicas. “Vamos estabelecer essas travas. Quem ia para o conselho recebia a mais, isso vai acabar”, comenta. 

Segundo um levantamento produzido pelo jornal Estadão, a economia poderia girar em torno de R$ 30 milhões ao ano só na folha do Poder Executivo. No entanto, o valor poderia aumentar quando aplicado sobre servidores do Judiciário, do Legislativo e do Ministério Público. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *