INDICADOR DE EMPREGO CAI, DIZ FGV   

 

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) informou que o Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) caiu pela quinta vez consecutiva, registrando o menor nível desde dezembro de 2016. De acordo com o economista da FGV/Ibre, em nota, Fernando de Holanda Barbosa Filho, o índice, que antecipa os números do mercado de trabalho no Brasil, recuou 0,8 ponto e chegou a 94,7 no mês passado. 

“O IAEmp continua sua trajetória de queda, convergindo para níveis próximos da média histórica prévia à crise (87 pontos). Este fato mostra que a geração de emprego ao longo dos próximos meses deverá ser mais modesta, relacionando-se com o crescimento econômico mais moderado do que o previamente esperado”, comenta. 

Além disso, a FGV informou que o Indicador Coincidente de Emprego (ICD), que indica a percepção das famílias sobre o mercado de trabalho, caiu 1 ponto em julho, chegando a 96,1 pontos. Segunda a Fundação, esse índice se equipara ao do desemprego, quanto maior o número, pior a situação. 

 (Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *