INQUÉRITO SOBRE CAIXA 2 DE ONYX LORENZONI É ARQUIVADO NO STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, arquivou o inquérito que investigava o uso de caixa 2 na campanha do deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS). O deputado gravou um vídeo onde afirma não ter praticado corrupção, mas admite ter usado R$ 100 mil da JBS em 2006. 

O arquivamento do processo tinha sido solicitado pela Procuradoria Geral da República, sobre alegação de que não existiam provas suficientes para crime, já que o delator não soube especificar data e local da entrega do dinheiro. “As diligências realizadas não foram suficientes para elucidar a materialidade do suposto crime, uma vez que o colaborador Alexandrino Salles, não obstante afirmar a doação eleitoral não contabilizada ao deputado  Onyx Lorenzoni, na campanha de 2006, afirmou que não operacionalizou a entrega do valor”, diz a PGR. 

Lorenzoni foi identificado sob a alcunha de “inimigo” na lista da Odebrecht. Nas redes sociais ele assegurou que irá buscar investigar as vantagens recebidas pelo delator Alexandrino Salles, que segundo o deputado, teria dado um depoimento infundado. “Eu quero deixar claro pra gente que escreveu bobagem em rede social, gente que me julgou sem me conhecer, que nunca estive envolvido em corrupção”, finalizou ele. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *