JUSTIÇA DE RORAIMA VALIDA ACORDO TRABALHISTA VIA WHATSAPP

A Justiça de Roraima reconheceu um acordo trabalhista firmado através do WhatsApp. O processo foi aberto em 2012 por um eletricista que cobrava indenização por dano moral, estético e material após sofrer um grave acidente durante o turno de trabalho. 

O acordo foi homologado pelo juiz titular da Terceira Vara do Trabalho de Boa Vista, Raimundo Paulino Cavalcante Filho, que concedeu a indenização de R$ 850 mil através de um grupo de conversas no aplicativo. As conversas eram administradas pelo diretor de secretaria da Vara, Luiz Eduardo da Cruz, sendo formado também pelo advogado do reclamante, David da Silva Belido, e pelo advogado da empresa reclamada, Henrique Eduardo Ferreira de Figueiredo. 

De acordo com o diretor da unidade, o uso do WhatsApp não é incomum dentro da 3ª Vara e pode ser considerado como uma ferramenta que pode auxiliar a Justiça. “Eu tenho tratado com muitos advogados pelo WhatsApp. A grande maioria nem vem mais ao balcão. Isso dá mais celeridade ao processo, e prioriza o princípio da conciliação. Se a ferramenta eletrônica existe, porque não utilizá-la a favor da conciliação no processo?”, finaliza. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *