LAVA JATO AUMENTA PROCURA DE SERVIÇOS DE COMBATE À CORRUPÇÃO INTERNA

A operação Lava Jato está impulsionando o aumento da procura por serviços que buscam casos de corrupção dentro das empresas a fim de evitar problemas com a lei.  Luiz Fernando Godoy, CEO e um dos fundadores da Equipo Gestão, aponta que 40% de seus atuais clientes pedem para buscar e combater irregularidades dentro da própria empresa. 

O grande número de casos investigados pela operação em 2017 fez os empreendedores  ficarem mais atentos à ética em suas corporações, uma vez que a corrupção causa uma queda brusca na confiança e reputação de uma empresa, o que acaba impactando diretamente nos negócios. Conforme Godoy, é cada vez mais comum empresas de consultoria terem total aval para encontrar casos de desvios e agir de forma rápida.  

“Atuamos em duas frentes, a primeira é de controle dos fornecedores com análises de sua situação legal, financeira e de pontos de transparência de conduta. A segunda é a garantia de que os gestores cumpram todas as normas de conduta no relacionamento com seus parceiros comerciais”, explica. 

Serviços de combate à corrupção vem experimentando um boom de crescimento nos últimos anos. André Miceli, coordenador do MBA em Marketing Digital da FGV e diretor da Infobase,  afirma que esse se tornou um bom negócio porque, entre outros motivos, não exige altos investimentos em tecnologias para ingressar na área. 

“Do ponto de vista de quem contrata também é bom, porque você inibe a possibilidade de fraude. O simples fato de saber que existe uma vigília acaba inibindo algumas dessas iniciativas. Fora a imagem de comprometida com a seriedade e a autonomia que a empresa passa para o mercado”, conclui. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *