LAVA JATO PRENDE SUSPEITOS DE MOVIMENTAREM US$ 1,6 BILHÕES EM 52 PAÍSES

A Operação “Câmbio, Desligo”, que é um desdobramento da Lava Jato, efetuou 45 mandados de prisão na quinta-feira (03.05) com o objetivo de desarticular um grupo de doleiros que foi responsável por movimentar US$ 1,6 bilhões em 52 países. Os mandados foram cumpridos no Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Distrito Federal, além também do Paraguai e Uruguai.  

Os suspeitos utilizavam um sistema que é conhecido como Bank Drop e que consiste no envio de recursos ao exterior através de uma ação conhecida como “dólar-cabo”. Com o apoio de autoridades uruguaias, a operação tem como principal alvo o doleiro Darío Messer, que é apontado como o mais influente do País e que foi acusado por lavagem de dinheiro, evasão de divisas e organização criminosa. 

O esquema fraudulento envolve uma série de depósitos realizado em contas de diferentes países com um montante que não pode ser rastreado pelo Banco Central (BC). A operação foi baseada na delação de Vinícius Vieira Barreto Claret e Cláudio Fernando Barbosa, que trabalhavam para a facção criminosa chefiada pelo ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *