LULA COGITA ENTRAR COM RECURSO NA 2ª TURMA   

A defesa do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, cogita entrar com recurso na 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), caso o ministro e relator da Lava Jato, Edson Fachin, não aceite a desistência de Lula de um processo de pedido de liberdade. A 2ª Turma é atualmente composta pelos ministros Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Celso de Mello, além de Fachin. 

Ontem (07.08), os advogados de Lula haviam desistido de um pedido de liberdade que tramitava na Corte a fim de evitar que o Supremo tornasse o ex-presidente inelegível antes de o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julgar o caso por completo. Assim, caso Fachin não aceite a desistência, a defesa terá uma carta na manga tramitando na Segunda Turma. 

A defesa, no entanto, afirma que nunca teve como objetivo o debate de cunho eleitoral com a petição e, além disso, procura resolver a questão penal do petista, que foi condenado em segunda instância pela operação Lava Jato. Nenhum dos ministros se manifestou sobre o caso e as datas para os julgamentos e decisões ainda não foram divulgadas pela Corte. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *