Lula “detinha o comando”, diz Duque sobre a roubalheira na Petrobras

Renato Duque (foto), ex-diretor de Serviços da Petrobras indicado pelo PT, incriminou o ex-presidente até a medula na audiência desta sexta com o juiz Sérgio Moro. Ele revelou que encontrou Lula nos anos de 2012, 2013 e 2014. “Nessas três vezes, ficou claro, muito claro pra mim, que ele tinha o pleno conhecimento de tudo e detinha o comando” disse. O plano era roubar “US$ 200 milhões” (R$ 620 milhões) que seriam destinados a ele próprio (1/6) e parte (2/3) para o PT, Dirceu e Lula. “A parte do Lula seria gerenciada por Palocci” afirmou.

O ex-diretor da Petrobras também contou a Moro que Lula queria saber se ele tinha recursos em contas no exterior. “Presta atenção no que eu vou te dizer: Se tiver alguma coisa, não pode ter. Não pode ter nada no teu nome, entendeu?” alertou o ex-presidente.

Duque está condenado a 57 anos de prisão e decidiu falar espontaneamente.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X

Pin It on Pinterest

X
Assine nossa Newsletter