MANIFESTANTES IMPEDEM LULA DE PREGAR EM PASSO FUNDO

A caravana do ex-presidente Lula pelo Rio Grande do Sul segue sendo alvo de protestos. Hoje em Passo Fundo manifestantes, em sua maioria agricultores, bloquearam a rodovia com tratores e queimaram pneus impedindo o petista de entrar na cidade.

No início da tarde houve confronto entre militantes pró e contra a caravana. A polícia militar teve que intervir com gás lacrimogêneo e usando o tradicional bloqueio de escudos para que as partes não se encontrassem. Até equipes do corpo de bombeiros foram chamadas para acompanhar a situação.

A manifestação começou por volta das 14:30 e resistiu pelo resto da tarde, impedindo que Lula adentrasse na cidade e, por consequência, cancelando a agenda do ex-presidente no local. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de Passo Fundo, além de pneus queimados e bloqueio de rodovias com o uso de tratores, alguns produtores se deitaram na pista para impedir a passagem da caravana.

A programação para a tarde de hoje era o uso do campus da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), de onde Lula seguiria até São Leopoldo, cidade localizada há cerca de 260 quilômetros de Passo Fundo. Segundo a Rádio Uirapuru, a caravana seguirá depois para Chapecó, encerrando sua passagem pelo Rio Grande do Sul.

A visita a universidades públicas virou rotina na caravana de Lula pelo sul do país. Além da UFFS, que seria visitada hoje, Lula esteve na UFSM em Santa Maria, além do Instituto Federal Farroupilha em São Vicente do Sul e Unipampa em Bagé. Ato que foi criticado no Ministério Público Federal e vereadores de Passo Fundo, alegando que o ato era uma atividade eleitoral em uma instituição de ensino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *