MINISTRO DO STF PODE ESTAR ENVOLVIDO EM APARELHAMENTO POLÍTICO

Segundo informações publicadas no portal Jota, a indicação do jornalista Franklin Martins para o cargo de assessor na Secretaria de Comunicação do Supremo Tribunal Federal (STF), pelo ministro Dias Toffoli, seria mais um indício do aparelhamento político praticado pela Corte. Vale lembrar que Martins já ocupou o cargo de ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República durante o governo Lula. 

Segundo o portal, a tentativa de aparelhamento se torna mais evidente quando levada em consideração uma discussão antiga entre Martins e Toffoli. Na ocasião, o jornalista teria dito que estaria torcendo para que Toffoli não fosse indicado pelo ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, para ocupar uma cadeira no STF.  

O possível assessor já foi multado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no ano de 2015, por irregularidades na propaganda eleitoral via internet da ex-presidente Dilma Rousseff, quando utilizou uma página não oficial para a promoção de campanha política, o que é proibido. O episódio rendeu duras críticas por parte de muitos ministros do STF, principalmente do vice-presidente da Corte, Gilmar Mendes. 

“São especialistas em fraude. Nós sabemos de todo o jogo sujo que se opera na internet. É um site conhecido por fornecer dados para blogueiros sujos, subsidiados por verbas estatais. Site coordenado por jornalista e ex-secretário de comunicação Franklin Martins, especialista nesse tipo de jogo”, disse Gilmar na época. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *