O RISCO LULA

“A ambição do homem é tão grande que, para satisfazer uma vontade presente, não pensa no mal que daí a algum tempo pode resultar dela.” (Nicolau Maquiavel)

Todos sabem que Lula não pode mais ser presidente da República. Das pedras do presídio da Papuda que calorosamente o aguardam até os grandes empresários que muito dinheiro ganharam com ele. Todo mundo sabe que é impossível Lula voltar. O país não suportaria. Tenho certeza que ele mesmo, que pode ser muita coisa menos burro, sabe disso melhor do que ninguém. A inviabilidade de uma eventual eleição de Lula em 2018 é evidente. E sabem por quê? Simples. Porque Lula não governaria e então conheceríamos o verdadeiro caos, viraríamos uma Venezuela e talvez até uma guerra civil brotasse em solo brasileiro.

É lamentável que mesmo sendo réu em cinco processos, mesmo tendo de se explicar em cinco ações criminais na Justiça por corrupção, Lula ainda acalente o sonho de resolver seus problemas com a Justiça usando a boa fé do sofrido povo brasileiro. Este é o aspecto de natureza pessoal que deveria ser levado em conta. Mas o fato objetivo é que de líderes populistas não se pode esperar nada. Fazem do povo mero joguete para seus objetivos de poder. E assim, muitas nações que já tiveram líderes populistas foram atiradas no desfiladeiro do imponderável. Aqui tivemos a experiência de um que meteu uma bala no próprio peito, tornando o país refém de um fantasma até hoje.

Mas há outros aspectos de natureza institucional, que deveriam ser levados em conta, a começar pelo sistema presidencialista brasileiro. Concentrador de poder, não faz a necessária separação entre governo e Estado, e transforma a cadeira presidencial em um balcão de negócios. Uma vez ali, o equilíbrio passa por comprar políticos, partidos e aliados para se manter. Onde a imensa responsabilidade de governar um país fica a cargo de um único indivíduo, não tem como dar certo. Nosso sistema político é uma das maiores usinas de crises do mundo.

Hoje, com o país em frangalhos, destroçado pela sucessão de governos petistas, Lula se apresenta como salvador surgindo com 30% dos votos. Sua rejeição chega a quase 50%. Se de fato concorrer acho que não ganha, mas sempre há o risco. E a eleição será politicamente cruenta, violenta e sabe-se lá mais o quê.

6 comentários em “O RISCO LULA

  • Estou contigo e assino embaixo. Engana-se quem pensa que este criminoso de nove dedos volte pensando no povo brasileiro com um discurso cheio de segundas intenções.

    Resposta
  • Espero que o juiz Sergio Moro promova até o final deste mês a condenação do MOLUSCO, para evitarmos que esse ser desprezível aspire voltar a presidente. Que DEUS nos ajude.

    Resposta
  • Que debate eleitoral o país terá em 2018 ?

    Discutirão reforma tributária, ou continuarão discutindo falas polêmicas, como em 2014 ?

    A mídia fará seu papel, ou continuará falando em futebol durante TODO o final de semana ???

    E o empresariado brazuca ( que de capitalista não tem nada ), seguirá apoiando vigaristas em troca da ausência de greves e o dinheiro barato do BNDES ???

    Resposta
  • Estive recentemente no nordeste brasileiro. Por lá o cara é idolatrado. É difícil encontrar dentre a grande massa (povão) um contraponto. Falam “rouba mas faz”!
    Coisas do cangaço.

    Resposta
  • #Bolsomito 2018

    Resposta
  • Tenho acompanhado o programa na Band news, estou de acordo com a dupla aí, é lamentável que as pessoas estão obcecadas por esse partido que me nego aqui registrar, nosso país precisa de uma mudança radical, voltar ao que viviamos nos anos 70, a vida era bem melhor. Att. Silvio Ely, de Novo Hamburgo.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X

Pin It on Pinterest

X
Assine nossa Newsletter