O VOTO DO MINISTRO GILMAR MENDES FOI UM DEBOCHE – por José Antonio Rosa

O voto do ministro Gilmar Mendes foi um deboche com as pessoas inocentes que morreram vítimas da violência.

Foi um deboche com os doentes que padecem e morrem como animais abandonados nas filas do SUS e hospitais públicos.

Foi um deboche com os milhões de brasileiros que retornaram para a linha da miséria e da pobreza.

Foi um deboche com os milhões de jovens que saem de nossas escolas analfabetos ou semi-alfabetizados.

Foi um deboche com o trabalhador que deixa o seu lar de madrugada para trabalhar e chega tarde em casa por causa de um transporte público precário.

Foi um deboche com os mais de 20 milhões de desempregados e subempregados neste país.

Foi um deboche com as mais de 200 mil empresas que quebraram ou encerraram as suas atividades.

Foi um deboche com o cidadão que paga impostos escorchantes e recebe uma prestação de serviço indigna.

Foi um deboche com os brasileiros que já nascem endividados e terão que trabalhar à exaustão para sustentar uma corja de canalhas.

Foi um deboche com milhões de aposentados que depois de trabalharem uma vida inteira recebem uma aposentadoria humilhante.

Foi um deboche com todos aqueles brasileiros que clamam por justiça que permanece impiedosamente cega e muda.

Foi um deboche com aqueles pais que choram porque perderam seus filhos para as drogas.

O voto do ministro Gilmar Mendes foi deboche com todos os brasileiros porque a sua vaidade, arrogância e interesses ainda não perscrutados estão fazendo com que libere da prisão os maiores patifes e ladrões que este país já conheceu e que são os responsáveis por acabar com a esperança e os sonhos de vermos um país decente, desenvolvido e próspero.

(José Antonio Rosa é advogado e reside em Porto Alegre)

2 comentários em “O VOTO DO MINISTRO GILMAR MENDES FOI UM DEBOCHE – por José Antonio Rosa

  • Leiam atentamente o que este ilustre homem escreveu sobre Gilmar Mendes( o sórdido do momento)
    Homer Itaquy publicou com uma enorme lucidez.
    Meu caro “ministro” Gilmar Mendes, vi na TV que o seu voto para liberar o Zé Dirceu foi uma espécie de puxão de orelhas nos “meninos” de Curitiba.
    Como seu patrão e mais velho que o senhor vou lhe dar um puxão de orelhas tbm, mas não como um menino e sim como um moleque que o senhor é.
    -Realmente os “meninos” de Curitiba não tem a experiência que um membro do STF deveria ter mas eles tem uma coisa que o senhor jamais vai ter: CARÁTER.
    -Antes de falar da falta de experiência deles, o senhor deveria olhar para o seu par chamado Dias Toffoli que jamais teve competência para ser um simples juiz mas foi apadrinhado no STF.
    -Hoje realmente os senhor tbm deu mais uma aula para o Brasil, a aula de que o crime compensa.
    -O senhor estufou o peito para falar SUPREMO mas na realidade era o seu ego que estava inflado e para mostrar o seu “poder” libertou um bandido só para mostrar quem manda.
    Infelizmente, graças ao senhor e seus pares, o Brasil hoje deixou de existir como nação honrada e respeitada para se tornar uma enorme lata de lixo comandada por bandidos, corruptos e moleques em todos os poderes constituídos.
    *Que Deus nos proteja dessa tragédia.*

    Resposta
  • Meu Deus! Até quando, nós brasileiros, vamos acordar e ter peito e raça para irmos às ruas, como aconteceu com a ” Diretas já ” para demonstrarmos nossa indignação com esta corrupção que tomou conta dos três poderes. Queremos um País honesto, acima de qualquer coisa, um País, com Educação, Saúde e Segurança, para todos os brasileiros. Estou com vergonha de ser brasileira.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X

Pin It on Pinterest

X
Assine nossa Newsletter