PEQUENOS NEGÓCIOS BUSCAM CRÉDITO FORA DOS BANCOS

Um estudo realizado pela Serasa Experian mostrou que a crise está motivando os pequenos negócios a buscar crédito fora dos bancos. De acordo com Luiz Rabi, economista responsável pela pesquisa, a lista de pequenos empresários e fornecedores esperando participação do crédito mercantil diminuiu no último ano, mas tende a crescer.

“Havia, ano passado, uma estimativa de que a economia iria avançar em 2018. Mas isso não aconteceu. Muito provavelmente, os números deste ano vão mostrar que o crédito mercantil voltou a crescer porque é o que estamos vendo na prática”, comenta.

Segundo o levantamento, o setor comercial foi o ue registrou o patamar mais alto de crédito mercantil, dentre os quatro que participaram do estudo, com 61%, em 2017. No entanto foi o único que a registrar decréscimo frente a 2016, quando ficou em 61,4%.

“O nível de inadimplência de pequenas e médias empresas é muito preocupante. E isso faz aumentar o uso do crédito mercantil. Se o empresário não tem como se financiar pelos bancos, ele tem de fazer isso junto a seus fornecedores. Nos anos anteriores à crise, de crescimento da economia, esse crédito recuou. O acesso ao crédito bancário está caro e reduzido. O que vem sustentando as atividades é o crédito mercantil”, afirma.

Para Fernando Blower, do SindRio, que reúne os bares e restaurantes cariocas, a crise vem desde 2016. “A crise é muito longa, e os empresários queimaram reservas. O faturamento despencou 30% depois dos Jogos Olímpicos. Muitos antecipam recebíveis de cartão de crédito, mas isso tem um custo. E empurram vencimentos para frente”, explica.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *