PF INVESTIGA LICITAÇÃO DA CASA DA MOEDA

A Polícia Federal (PF), em parceria com a Corregedoria-Geral do Ministério da Fazenda, deflagrou nessa sexta-feira, 23.03, operação para investigar supostas irregularidades em licitação promovida pela Casa da Moeda. Batizada de “Vícios II”, investiga uma empresa privada que teria se beneficiado com a aquisição de equipamentos ao custo de mais de R$ 300 milhões para fabricar cédulas de dinheiro.

O caso aconteceu em 2009 e a PF acredita que houve um pagamento de propina a fim de proporcionar vantagens indevidas que garantissem o sucesso da empresa perante a concorrência. Somente nessa manhã, cerca de 25 agentes já cumpriram seis mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro, São Paulo, São José dos Campos (SP), Itajubá (MG) e Brazópolis (MG).

Esse é um novo desdobramento da operação Vícios I, que foi uma investigação iniciada em julho de 2015. Na época foram cumpridos 23 mandatos de busca e apreensão que ocorreram, inclusive, nas dependências da Receita Federal e da própria Casa da Moeda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *