Pode isso? Gilmar Mendes suspende depoimento de Aécio no caso de Furnas

Investigado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o presidente nacional do PSDB conseguiu suspender o interrogatório que a Polícia Federal faria com ele. O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), atendeu pedido da defesa do tucano que sustenta não ter tido acesso à íntegra da investigação. A PF alega que ‘por estratégia de investigação, o investigado deve ser ouvido antes de tomar conhecimento do depoimento das testemunhas’. Em seu despacho Mendes exige que os policiais apresentem todos os depoimentos colhidos até agora e os proíbe de surpreender o investigado.

Delatores da Odebrecht apontam que Aécio Neves teria pedido muitos milhões de reais em razão de obras na estatal Furnas Centrais Elétricas e durante a construção da Cidade Administrativa do governo de Minas Gerais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X

Pin It on Pinterest

X
Assine nossa Newsletter