PRESIDENTE DO TSE DIZ QUE ELEIÇÕES INFLUENCIADAS POR FAKE NEWS PODEM SER ANULADAS

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luiz Fux, declarou na quinta-feira (21.06) que se houver a influência das fake news na decisão do pleito eleitoral de outubro, o resultado pode ser cancelado. Segundo ele, a possibilidade é prevista na legislação brasileira e pode ser adotada após análise de um acervo de provas que comprove o ocorrido. 

“Quem entender que a eleição deva ser anulada com base nesse dispositivo vai provocar a Justiça, vai ter a sua fase probatória, vai ter intervenção do Ministério Público. Cada parte vai trazer a sua verdade e o juiz, no final, quando ele decidir, traz a verdade do estado jurídico”, explicou Fux. 

Após a declaração do presidente do TSE, o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, alegou ser quase impossível acabar com a criação e disseminação desse tipo de conteúdo, enquanto os dois participavam de um seminário que debatia as notícias falsas. Em contrapartida e sem citar nomes, Fux usou seu tempo de fala para criticar o que chamou de “discursos derrotistas”. 

“Discursos derrotistas passam do outro lado da rua. Aqui não. Aqui, temos a certeza que vamos combater com eficiência as denominadas fake news. […] Que desânimo é esse? Parece um desânimo limítrofe à leniência”, finalizou. 

(Equipe do Site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *