STF ABSOLVE GLEISE HOFFMANN 

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) absolveu, por unanimidade, a senadora Gleise Hoffmann (PT), o ex-ministro Paulo Bernardo, seu marido, e também o empresário Ernesto Kugler na terça-feira (19.06). Todos foram denunciados no âmbito da Operação Lava Jato por corrupção e lavagem de dinheiro. 

A denúncia feita pelo Ministério Público Federal (MPF) era baseada em delações premiadas e apontava que Gleise havia recebido propina de R$ 1 milhão por meio de desvios da Petrobras para a sua campanha ao senado em 2010. Porém, pelo entendimento dos ministros, não haviam provas suficientes para comprovar que o casal tinha recebido dinheiro em troca da manutenção de Paulo Roberto Costa como diretor de Abastecimento da petrolífera na época. 

Votaram a favor da absolvição os ministros Gilmar Mendes, Ricardo Lewadowski e Dias Toffoli. Já o relator da ação, Edson Fachin, e o revisor, Celso de Mello, apesar de afirmarem não haver sustentação para esse caso, defenderam que a senadora e seu marido devem ser condenados pelo crime de caixa dois eleitoral. 

Apesar da absolvição, Gleise Hoffmann e Paulo Bernardo ainda respondem a mais duas denúncias e um inquérito no STF, todos derivados da Lava Jato. A mesma turma será a responsável por analisar um recurso que pede a liberdade do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, que será julgado na semana que vem.  

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *