TCU VERIFICARÁ SE HOUVE BENEFÍCIOS EM COBRANÇAS DE BAGAGENS 

O Tribunal de Contas da União (TCU) iniciou uma auditoria para apurar se houve diminuição no preço cobrado por passagens aéreas a partir do anúncio da cobrança extra por bagagens. O relator do processo é o ministro Bruno Dantas, que é responsável pelo setor de transportes até o ano de 2019. 

O principal objetivo da medida é descobrir se a resolução número 400, da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que autorizou a cobrança das bagagens, trouxe algum benefício ao consumidor. A discussão veio à tona em 2017, quando a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) divulgou um levantamento que mostrava a queda de até 30% nos preços das passagens após a aprovação da regra. 

A Abear afirmou que as mudanças positivas não serão sentidas em um primeiro momento já que vários fatores diferentes influenciam no preço das passagens e garantiu que a longo prazo elas devem ser notadas de forma mais considerável. Já a Anac, se manifestou dizendo que ainda é cedo para tirar alguma conclusão e que está monitorando todas as variações de preços, além de garantir também que irá avaliar os efeitos da cobrança extra após uma vigência de cinco anos. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *