TELEFONIA FIXA SOFRE QUEDA DE 4,42% EM UM ANO

O Brasil possui atualmente 39.112.393 linhas fixas em operação, o que representa uma queda de 4,42% em relação ao mês de agosto do ano passado. As informações são fruto de um levantamento da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que levou em consideração dados observados há dois meses.

De acordo com a Anatel, esse percentual representa exatamente 1.810.123 linhas a menos do que foi registrado no mesmo período do ano anterior. Quando comparando os meses, julho de 2018 apresentava 233.113 unidades a mais do que agosto, o que significa que foram perdidas 0,59% entre os meses sete e oito.

As informações indicam que 16.711.948 de linhas fixas foram registradas pelas autorizadas e 22.400.445 pelas concessionárias. Nesse cenário, as autorizadas sofreram uma redução de 207.086 linhas, o que representa uma queda de 1,22% e as concessionárias perda de 1.603.037 linhas, menos 6,68% do total.

Dentre as principais empresas do setor, a Claro domina o contingente das linhas fixas do país com 10.607.185, ou uma participação de 63,47% do mercado. Em segundo lugar está a Telefônica com 4.422.542 de linhas e fatia de 26,46% e em terceiro a Telecom Itália (TIM) com 767.060 linhas e 4,59% do mercado.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *