Tributar dividendos das empresas: a estupidez cogitada por Temer

O governo Temer estuda uma medida que, se confirmada, dará atestado de estupidez completa dos gestores da economia: tributar os dividendos das empresas brasileiras. Seria uma forma de compensar a provável perda de arrecadação com o possível aumento da faixa de isenção do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) de R$ 1.903 para R$ 4 mil mensais.

A informação de que o caso está em estudo é do jornal Valor.

Os sócios-cotistas das empresas retiram sua remuneração a partir da distribuição dos dividendos (lucros) depois que todos os impostos foram pagos. Tributar esta distribuição é considerado bitributação por muitos advogados tributaristas.

Nunca é demais lembrar que 95% das empresas brasileiras são micro e pequenas, além de responsáveis por mais de 50% dos empregos com carteira assinada. Todas elas já dão sua cota de participação na elevadíssima carga tributária brasileira.

Temer quer mesmo tirar o país da crise? Não é elevando a carga tributária de quem produz que conseguirá.

Um comentário em “Tributar dividendos das empresas: a estupidez cogitada por Temer

  • Por essas e outras armações contra quem da emprego e produz, que este País esta fadado ao fracasso, e também fadado a sonegação fiscal pelos empresários e trabalhadores, e não lhes tiro a razão..

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X

Pin It on Pinterest

X
Assine nossa Newsletter