UNIÃO DE MUNICÍPIOS ECONOMIZARIA R$ 6,9 BILHÕES AO PAÍS   

 

Dados divulgados pela Federação das Indústrias do Estado do Rio (Firjan) indicam que a fusão de municípios brasileiros poderia resultar em uma economia de aproximadamente R$ 6,9 bilhões à União em apenas um ano. De acordo com o coordenador de Estudos Econômicos da Firjan, Jonathas Goulart Costa, 1,8 mil municípios não conseguem bancar a máquina pública. 

 Além disso, o coordenador avalia que o país precisa desenvolver projetos que vão contra a um projeto de lei que tramita no congresso e quer propor a criação de mais quatrocentos municípios. Para ele, a solução é, claramente, unir aqueles que não conseguem bancar os seus gastos. “O País precisa pensar na fusão das cidades e não na criação de novas estruturas”, afirma. 

 Para o sócio do escritório Machado Meyer, Rafael Vanzella, a Constituição Federal facilitou a criação de novas cidades, mas não previu os problemas que isso causaria. “A Constituição de 1988 facilitou a abertura de novos municípios e estabeleceu um rol de atribuições às prefeituras, mas não previu contrapartidas. Ou seja, não tem dinheiro para tudo”, comenta. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *