O presidente da República, Jair Bolsonaro, indicou que pode enviar ao Congresso Nacional uma nova proposta de capitalização para a reforma da Previdência. De acordo com Bolsonaro, essa atitude é uma alternativa para caso o atual texto não seja aprovado pelos parlamentares.

“Se não passar agora, a ideia nossa é enviar um projeto à parte”, disse o presidente após evento da Aeronáutica em Guaratiguetá (SP). Na cidade, Bolsonaro acompanhou a formação de sargentos e foi a um centro de recuperação de dependentes químicos.

Segundo ele, a tendência da reforma é de que os estados e municípios não sejam incluídos, mas disse que seria melhor que os governadores usassem as Assembleias estaduais para aprová-la. “Tem governador que quer que aprove a reforma da Previdência e sua bancada vai votar contra para não sofrer desgastes. Então a tendência do parlamento, pelo que eu estou vendo, é tirar fora estados e municípios e vamos apenas tratar da questão federal”, conclui ele.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu