O Brasil sofreu 15 bilhões de tentativas de ataques cibernéticos em apenas três meses, segundo um relatório Fortinet CiberSecurity Summit (FCS19) a partir de dados compilados pelo serviço FortiGuard. De acordo com Frederico Tostes, country manager da Fortinet no Brasil, o Brasil precisa investir mais em segurança nessa questão.

“A segurança cibernética passa a ser “uma necessidade crítica para todas as empresas em seu processo de transformação digital. O que fazemos quando [e não ‘se’] sofremos um ataque cibernético? Esta é uma questão global e que o Brasil “ocupa um lugar importante no mundo como um alvo para os criminosos cibernéticos”, comenta.

Nesse cenário, cerca de 73% das tentativas de invasão em redes brasileiras exploraram uma vulnerabilidade que permite ativar um comando para gerar ataques DDoS em servidores NTP. Além disso, cerca de 33% do malware detectado no país foi um worm (verme) que afeta o sistema Windows.

“A segurança cibernética é uma questão com a qual temos que lidar como prioridade”, diz o executivo da Fortinet. Na sua visão, as empresas precisam estar preparadas para “prevenir, detectar e responder automaticamente às ameaças”, conclui.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu