Uma pesquisa desenvolvida pela Reuters Institute indicou que enquanto o uso do Facebook para leitura de notícias caiu 9% em relação à 2017, a busca por informações via WhatsApp está crescendo. O levantamento, que contou com a participação de 74 mil pessoas em 37 diferentes mercados, apontou também que esse índice é ainda maior entre os mais jovens, chegando a atingir 20% de queda na busca por notícias pela rede social. 

De acordo com Nic Newman, pesquisador associado do Instituto de Estudos de Jornalismo da Reuters, no Digital News Report, esse movimento é percebido principalmente nos grupos com menor faixa etária, que estão utilizando o Facebook em nível bem menor e migrando para o WhatsApp. O pesquisador explica que o Facebook e o Twitter ainda são muito utilizados para buscar por notícias, mas que a discussão sobre elas está ocorrendo no aplicativo de mensagem porque, geralmente, as pessoas se sentem mais seguras para discutir essas temáticas nesse espaço. 

“Continuamos vendo aumento no uso de aplicativos de mensagens para notícias, à medida que os consumidores procuram espaços mais privados (e menos conflituosos) para se comunicar”, analisa ele. 

O relatório da Reuters também indicou que em muitos países o WhatsApp é mais popular que o próprio Twitter em importância para notícias. Os dados ainda mostram que enquanto WhatsApp e Instagram e Facebook se expandiram na América Latina e Ásia, o Snapchat  apresentou grande avanço  na Europa e nos Estados Unidos. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu