Um levantamento produzido pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) mostrou que 536 mil contratos de TVs por assinatura foram cancelados no Brasil desde agosto do ano passado até o mesmo período desse ano. Além disso, entre julho e agosto, a redução foi de 37 mil planos. 

De acordo om a Anatel, a debandada dos consumidores se deve, principalmente, ao agravamento da crise econômica e política que o Brasil vivenciou no último ano. Com isso, o setor acende um sinal de alerta, já que foi um dos principais afetados na hora do corte de gastos dos brasileiros.

Apenas o sistema de fibra ótica registrou crescimento no último período de um ano, com um aumento estipulado em 69,71%, o que representa mais de 245 mil contratos.  Os planos via satélite, caíram 676 mil adesões, ou 6,51% e os de sinal por cabo perderam 107 mil, o que equivale a 1,4%. 

Nesse cenário, apenas quatro operadoras dominam quase todo o mercado de TV por assinatura (97,17%) com 17,29 milhões de contratos. A Claro tem 49,98%; a Sky, 29,30%; a Vivo, 9,05%; e a Oi, 8,84%.

Deixe uma resposta

Fechar Menu