O jurista Modesto Carvalhosa divulgou um vídeo onde afirma que o Supremo Tribunal Federal (STF) é comandado por um grupo que trabalha em favor da corrupção. A opinião foi divulgada na quarta-feira (27.06), após a decisão da Segunda Turma do Supremo de soltar o ex-ministro José Dirceu. 

Para Carvalhosa, existem vários fatores que comprovam que os ministros da Corte não estão conseguindo impor a lei e a decência que o Tribunal exige. “Ao soltar um preso condenado a 30 anos de encarceramento, outro a 9 anos de encarceramento; ao trancar processos em andamento contra outros corruptos; ao anular provas obtidas na residência de um notório corrupto, o STF demonstra que quem manda lá é o grupo a favor dos corruptos”, comenta. 

De acordo com o jurista, as decisões do STF reforçam a ideia de que o Tribunal trabalha a serviço de um regime que prega o domínio da cleptocracia, onde os bandidos é que controlariam a nação. Ele cita ainda que existem alguns componentes da mesa que trabalham dentro da lei, mas a maioria teria sido corrompida. 

“Anteriormente, esses ministros que fazem parte do grupo a favor da corrupção soltavam presos que ainda não haviam sido julgados. Hoje, soltam presos que já foram julgados, condenados e encarcerados”, conclui. 

(Equipe do Site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu