Pela eficiência, pelo bem da prosperidade nacional! – por Alex Pipkin

Num país repleto de leis corporativistas e discriminatórias, de transferências de recursos da sociedade para cartéis e negócios patrimonialistas, de corrupção institucionalizada por políticos populistas que não representam seus eleitores, encontramos-nos, oceanicamente, muito longe da utilização eficiente dos recursos e potencial produtivo da sociedade brasileira.

0 Comentários

Você chegou no final

Não há mais páginas para ler

Fechar Menu