A Organização Mundial do Comércio (OMC) informou, nesta terça-feira (02.04), que o mercado global acabou desacelerando, tendo recuado 0,3% no quarto trimestre de 2018 e devendo crescer 2,6% neste ano. Sendo assim, o setor deve registrar expansão abaixo dos 3% de 2018 e da estimativa anterior de 3,7%.

De acordo com o diretor-geral do órgão, Roberto Azevêdo, o comércio tem sido pressionado mundialmente por novas tarifas e medidas retaliatórias em grandes países, crescimento econômico mais fraco em outros, volatilidade nos mercados financeiros e condições monetárias mais apertadas. “Com as tensões comerciais em alta, não se deve ficar surpreso com esse cenário. O comércio não pode desempenhar seu papel total de guiar o crescimento quando vemos níveis tão altos de incerteza”, disse.

No entanto, ele se recusou a fazer qualquer previsão que envolvesse a saída do Reino Unido da União Europeia. “Claro, há outros elementos, mas o aumento das tensões comerciais é o principal fator. Acho que é bastante óbvio que as tensões entre Estados Unidos e China têm um grande papel [no recuo econômico mundial]”, finaliza.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu