Um estudo realizado pelo MIT Technology Review Insights em parceria com a empresa de armazenamento em flash de dados corporativos, com sede na Califórnia, a Pure Storage, indicou que o uso dos dados na Inteligência Artificial (IA) pode ser a chave para a real vantagem competitivas nas organizações. De acordo com pesquisa global realizada com mais de 2.300 líderes de negócios, é preciso considerar alguns desafios, mas o resultado é significativo.

“A maioria dos entrevistados (93%) em organizações na América Latina tinham uma abordagem centrada no cliente para a aplicação de dados, considerando-a fundamental para fornecer melhores resultados para clientes e consumidores. Quando perguntamos a eles sobre o papel dos dados na melhora das decisões de negócios, 89% das pessoas concordaram que os dados eram fundamentais para isso. O crescimento dos negócios também foi destacado pelos líderes como um benefício para a coleta de dados, com 89% das pessoas afirmando que esse era um dos usos”, diz o relatório.

Outro dado da pesquisa foi que mais de dois terços (69%) dos entrevistados acreditam que a importância dos dados foi subestimada na sua organização. “Foi sugerido que os profissionais com níveis inferiores de envolvimento nas estratégias sobre dados também eram menos positivos. Quase todos os profissionais (90%) envolvidos totalmente com a coleta, o uso ou o gerenciamento de dados na organização acreditam que essas informações estão na vanguarda do crescimento dos negócios em comparação com 79% dos funcionários parcialmente envolvidos”, indica o texto.

Os resultados apontam que o uso de dados é essencial para fornecer a vantagem competitiva que as organizações menores precisam e a maioria dos entrevistados da pesquisa (80%) acredita que as organizações menores estão sob pressão para acompanhar o ritmo das mudanças.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu