A dívida pública do Brasil em títulos, que inclui os débitos do governo dentro do País e no exterior, acabou registrando um aumento de 1,15% no mês de março e agora soma R$ 3,91 trilhões, segundo dados divulgados pela Secretaria do Tesouro Nacional. No mês passado esse valor era de R$ 3,873 trilhões. 

O Tesouro emite a dívida pública para financiar o déficit orçamentário do governo federal, que paga por despesas que ficam acima da arrecadação com impostos e tributos. No ano passado o aumento do déficit somou 8,9% ao longo dos 12 meses e a expectativa é de que esse ano o número ultrapasse os R$ 4,2 trilhões. 

Nesse contexto, a dívida interna registrou alta de 0,87% em março, para R$ 3,764 trilhões e a dívida externa contabilizou um aumento de 8,3% no em março, para R$ 153,7 bilhões. Sendo que a primeira se configura quando os pagamentos e recebimentos são realizados em real e a segunda com moeda estrangeira. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu