Alguns erros comuns cometidos no uso da tecnologia podem impactar em uma perda considerável na parte financeira de uma empresa, principalmente nas questões ligadas à Tecnologia da Informação (TI). De acordo com Juliana Almeida, responsável pela prática de Cognizant Insfrastructure Services (CIS) na Cognizant, uma das maiores consultorias de tecnologia do mundo, alguns fatores importantes não são levados em consideração quando o tema é discutido.

“O risco gerado por falta de processos e metodologias pode aumentar a tendência de erros humanos, atrasando pagamentos, provocando perda de receitas e causando impactos negativos à imagem da empresa. A automatização de processos com o uso de ferramentas inteligentes, controle adequado da infraestrutura e ação antecipada para resolver os problemas de TI tem potencial de melhorar em até 40% a eficiência operacional de uma empresa”, escreveu ela em um artigo publicado no portal administradores.com.br.

Segundo a especialista, os erros mais comuns são não manter um ciclo de troca de computadores saudável e não fazer a gestão da informação adequada. “Atualmente, as organizações podem remediar isso com uma solução chamada ‘desktop as a service’ (máquina como serviço), na qual empresas alugam equipamentos por um valor fixo mensal. É comum equipes de TI encontrarem soluções para problemas complexos e não fazerem o registro adequado desse conhecimento”, indicou.

Além disso, não avaliar os benefícios que produtos na nuvem podem trazer e não investir em capacitação profissional também podem ser problemas. “Pessoas, processos e tecnologia precisam andar juntos para um bom desempenho e uso do dinheiro. Dessa forma as empresas se manterão atualizadas, com boa gestão de custo e eficientes”, conclui.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu