O chefe do setor financeiro (CFO) da Ingresso Rápido, Diego Barreto, afirmou em entrevista para o Instituto Millenium, que a tendência é de que a economia 4.0 seja protagonizada pelo empreendedorismo. Segundo ele, a Geração Z é composta por jovens que se mantém informados nas tendências e tem capacidade e exemplos a seguir que os farão empreendedores. 

“Pense em empresas como iFood, Nubank, GuiaBolso, Ingresso Rápido, Sympla; empresas que movimentam e servem milhões de pessoas, que criaram segmentos de mercados no Brasil e conseguiram desenvolver uma nova dinâmica. Qualquer jovem com pouca experiência é capaz de trazer para próximo de si um grande projeto. Essa é a grande inversão que acontece no mundo, tanto do ponto de vista social quanto de negócios”, comenta. 

Além disso, ele destaca a mudança na percepção de risco que está ocorrendo atualmente. Para o CFO, a taxa de desemprego em meio à crise é menor do que nos bons momentos econômicos do país, o que seria motivado pela mudança no conceito de empregabilidade. 

“Antigamente, o jovem brasileiro não tinha um acesso que o permitisse se aventurar no empreendedorismo e colocar sua ideia de pé. Hoje existe uma série de entidades que trabalham no mercado como aceleradoras proporcionando uma primeira tentativa aos jovens. A percepção de risco é muito menor”, conclui. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu