O ministro da Produção e do Trabalho da Argentina, Dante Sica, afirmou que uma medida para estimular a venda de carros argentinos poderá ajudar o Brasil. A medida consiste em recuperar um setor que recuou 56% em maio.

“[A medida] deve dar impulso nas expectativas e no emplacamento de carros. No último mês, tivemos uma queda forte (de 56%) no emplacamento. Pensamos que uma medida dessa pode dar impulso para que o mercado comece a se recuperar. Do que se vende de carros na Argentina, 70% são importados e 55% do Brasil. Portanto, sim, isso pode ajudar no Brasil também”, afirmou Sica ao Portal Estadão.

Quanto ao governo Bolsonaro, o ministro argentino indicou que o objetivo de ter um Mercosul mais moderno, com instrumentos que permitam consertos institucionais no próprio bloco é bem visto. “Ambos queremos ter mercados mais competitivos, sabemos que as agendas de reformas fiscal e de trabalho são importantes. Depois de muitos anos, há uma concordância na política macroeconômica muito importante. Nas décadas anteriores, tivemos instrumentos de política econômica que não convergiam entre Brasil e Argentina, o que gerava incerteza nos investidores regionais”, conclui.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu