Apesar da taxa de criação de empregos dos Estados Unidos ficar abaixo do esperado para o mês de abril, o desemprego ficou em 3,9% e atingiu a menor média em 17 anos. O dado faz parte do relatório de emprego do Departamento do Trabalho dos EUA, que foi divulgado na sexta-feira (04.05). 

O levantamento indicou que a queda do desemprego pode ser explicada pela alta incidência de americanos que se aposentaram e deixaram seus postos de trabalho. O relatório também indicou que a criação de novas vagas de emprego foi de 164 mil, uma taxa menor do que o esperado, que era de 192 mil novos postos de trabalho. 

O maior aumento das vagas aconteceu no setor de construção e manufatura, que está tendo dificuldades para encontrar trabalhadores qualificados. Já a taxa de norte-americanos que tem idade para trabalhar e que têm emprego ou estão à procura de um, passou 62,9% em março para 62,8% em abril. 

O Departamento do Trabalho também apontou que a renda média por hora subiu 0,1% no mês passado, o que fez o aumento anual do salário médio por hora ficar em 2,6%. Já a média semanal de tempo trabalhado permaneceu inalterada em 34,5 horas. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu