O presidente do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé), Nelson Carvalhaes, informou que o País deverá exportar cerca de 40 milhões de sacas de café neste ciclo, que dura de julho de 2018 a junho de 2019. Segundo ele, esse número representa um novo recorde para a venda da cultura ao exterior. 

Ele explicou que os números que foram registrados pelo Conselho até agora indicam tranquilamente esse cenário, já que, em fevereiro as vendas externas totais do produto atingiram 3,4 milhões de sacas, o que acaba resultando na soma de 6,9 milhões nos dois primeiros meses de 2019.  

Nos últimos anos as vendas somaram 37,3 milhões de sacas, e acabaram gerando receitas de US$ 5,2 bilhões, sendo que os principais destinos foram Estados Unidos, Alemanha, Japão, Bélgica e Itália, tendo representado 70% das exportações. Além disso, a Organização Internacional do Café (OIC) aponta crescimento de 2,1% no consumo mundial de café em 2018, em relação a 2017. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu